História

 

Em 1913, Pergentino Augusto Maia foi nomeado Tabelião pelo então Presidente do Ceará, Coronel Franco Rabelo iniciando no ano seguinte suas atividades. Nascia então, em fevereiro de 1914, o 3º Ofício de Notas de Fortaleza, denominado pelo seu precursor, de Cartório Pergentino Maia.

Durante 25 anos, o Sr. Pergentino Maia esteve a frente desta atividade e, em 1939, seu filho, Carloto Pergentino Maia foi nomeado titular do cartório.

O Sr. Carloto permaneceu no cargo durante 27 anos quando se aposentou em dezembro de 1966, quando foi nomeado o atual titular, Roberto Fiúza Maia. Este começou a trabalhar no cartório aos 17 anos e após nove anos adquirindo experiência, assumiu definitivamente a titularidade do 3° Ofício de Notas e de Registro de Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas.

Hoje, passados 48 anos desde que ele assumiu o cargo, o Sr. Roberto continua exercendo suas atividades, sendo o Tabelião no exercício mais antigo de Fortaleza seguindo os mesmos princípios de seu pai e do avô, caracterizados principalmente pela seriedade e honestidade.

O Cartório Pergentino Maia é o 3º Ofício de Notas de Fortaleza e o 1º desde 1940 em Registro de Títulos e Documentos. Seu primeiro endereço foi na Rua Major Facundo, onde permaneceu durante décadas e desde 1995, está localizado na Avenida Padre Antonio Tomás, nº 920.

Seguindo as tendências do mundo em que vivemos hoje, marcado pelo dinamismo e grande volume de informações, o Cartório Pergentino Maia conta atualmente com equipamentos modernos, serviços informatizados, treinamentos internos e externos, visando qualificar seu quadro de colaboradores para um atendimento diferenciado.

Auxiliado pelos filhos e por uma competente equipe de profissionais, o Sr. Roberto Fiúza Maia, prima pelo cumprimento da Política da Qualidade do Cartório, que já completou 100 anos de existência, a fim de manter a credibilidade que este Tabelionato adquiriu ao longo de todos estes anos.